Ocorreu um erro neste dispositivo

domingo, 19 de julho de 2009

Estou a escrever porque sinto esta necessidade. Não faço textos para agradar a ninguém, nem para te provar nada, porque tudo o que sinto transmito-te num mero olhar. Escrevo porque corre-me nas veias uma imensidão de sentimentos que não consigo guardar dentro de mim. Quando digo que te amo, amo mesmo. Viciei-me no nosso amor. Tornaste-te guardião dos meus sonhos. Juntos fazemos com que tudo flue.
Enquanto o meu passado foi pintado a preto e branco, o nosso sentimento coloriu tudo à minha volta.
Posso não ser a pessoa que gostarias que fosse, posso não ser perfeita, mas aprendi a viver como me tornei ao longo do tempo, assim como tu já aprendeste a lidar comigo.
Fizeste-me ver que tenho mais valor do que o que penso, devolveste-me um sorriso, um novo sorriso. Eu? Fiz-te acreditar de novo no amor. Aquele sentimento que anda aí na boca do mundo, mas que dentro de nós ultrapassa as palavras, os gestos, tudo. Dentro de nós transforma-se em vida!
Deixa-me continuar a mostrar-te o mundo, deixa-me fazer-te o que nunca ninguém fez. Deixar acontecer enquanto o mundo lá fora continua.
Quero continuar a ser a tua miúda, quero continuar a ter o orgulho de te chamar namorado. Sem ti já nada parece ter o mesmo valor. Tens o dom de transformar cada lágrima minha num sorriso.
Cada olhar, cada gesto, cada palavra, são importantes, pois guardo-os como grandes recordações! Já passá-mos coisas menos boas mas sabemos ouvir-nos um ao outro, mantemos sempre a confiança e no fim acabamos cada vez melhor.
Amor, não existem palavras suficientes para ti. AMO-TE NAMORADO.

Porque tudo no texto é verdade e por tudo o que acontece neste momento ou irá acontecer quero apenas que saibas que juntos vencemos tudo e como já o disses-te: somos imbativeis, e sim é verdade que ninguém nos separa.

TE IUBESC, (L'



És como um melhor amigo!

Sabes o quanto me custa estar de 'relações cortadas' contigo? ;$

Eu gostava de saber como é que tu estás, como é que a tua mãe ficou depois do que se passou, como correu o exame de condução que disseste que fizeste a pensar em mim..

Mas não posso saber :x, porque tu não deixas! Tu não me respondes a NADA.

Cagas de alto para mim :x, e eu sempre te apoiei Tiago.

Perdi-te?

Diz-me tu :x

Eu gosto muito de ti, disso nunca duvides!

Sem comentários:

Enviar um comentário