Ocorreu um erro neste dispositivo

terça-feira, 15 de maio de 2012

i'm tired

Já há algum tempo que não me sento e abro esta página para escrever. Estou cansada, dói-me a cabeça, ardem-me os olhos e tenho as mãos a tremer que para escrever estas duas linhas já tive que apagar imensas letras. Sei que não gostas que venha aqui escrever isto, mas já que não posso mais desabafar contigo, eu preciso deitar cá para fora. As lágrimas escorrem o meu rosto há horas e parecem intermináveis. Já perdi a conta dos lenços que gastei. Passei o dia a trabalhar mesmo com tudo o que aconteceu, mas agora não consigo mais. Estou demasiado cansada, esgotada, magoada para fazer o que quer que seja. Eu deixei tudo por ti, sabes? Deixei porque era a teu lado que queria construir um futuro e uma vida. Era contigo que eu queria partilhar todos os momentos da minha vida. Viver e sobreviver às coisas más que a vida por vezes tem. Era ao olhar para ti que me sentia "em casa", fosse onde fosse, era o teu abraço que me confortava. Foste tu que, tantas vezes me limpaste as lágrimas e me deste força para erguer a cabeça, fosse em que circunstancia fosse. Nunca pensei ouvir todas as coisas que ouvi de ti. Pensei também, que nunca chegássemos ao ponto em que chegámos. A culpa é dos dois, não me culpes só a mim. Se eu discutia é porque algo não estava bem, é porque algo me magoava, e tu preferias ignorar do que tentar mudar as coisas que me magoavam. Prometeste-me que ias mudar isso e eu mais uma vez perdoei, eu acreditei. Agora foste tu que sem razão suficientemente forte terminaste. Não te esqueças que já fizeste coisas muito piores, não te esqueças de tudo o que eu já perdoei, não te esqueças de tudo o que vivemos e tudo pelo que juntos, conseguimos ultrapassar, porque eu também não me vou esquecer. Foste o meu sonho tornado realidade e a minha vida e isso é impossível de esquecer! (Tudo o que se encontra neste texto é pura e simplesmente fictício. Muito obrigada!)

2 comentários: